17 de março de 2020

Centro de Reprodução Humana facilita acesso a tratamentos

A infertilidade atinge muito mais pessoas do que se imagina.  Aproximadamente 15% dos casais têm dificuldades para ter filhos, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde. Atenta a esta realidade, a equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba adota uma série de ações para facilitar o acesso a tratamentos e ampliar o atendimento na área de reprodução assistida em Piracicaba e região.

Para atender à demanda, tem iniciativas como o Projeto Realize, que disponibiliza tratamentos de alta complexidade (fertilização in vitro e congelamento de óvulos) com custo reduzido, de acordo com o perfil social dos casais. O projeto é divulgado de forma especial neste mês de março, no qual o Centro de Reprodução Humana de Piracicaba comemora 12 anos.

“Para participar da triagem, é necessário que o casal tenha passado por consulta com ginecologista e/ou urologista, que pode ser externo ou do próprio centro de reprodução, e receba encaminhamento médico para fertilização in vitro ou congelamento de óvulos”, explicam os ginecologistas Paulo Padovani e Ernesto Valvano, da equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba. Com o encaminhamento em mãos, é preciso que a paciente faça o cadastro no site do CRHP (http://crhp.com.br/contato/projeto-realize/).

Os médicos esclarecem que a fertilização in vitro é um tratamento de alta complexidade indicado para casais com problemas graves que levam à infertilidade, como alterações tubárias, endometriose, baixa qualidade dos óvulos e alteração importante dos espermatozoides.

No caso do congelamento de óvulos, informam que o Projeto Realize atende em especial mulheres com câncer, que passarão por tratamento e precisam, dessa forma, preservar a possibilidade de ter filhos após a superação da doença.

Clínica comemora 12 anos

Inaugurado em 8 de março de 2008, o Centro de Reprodução Humana de Piracicaba instalado no Hospital Santa Isabel, graças a uma parceria com a Santa Casa de Piracicaba consegue resultados semelhantes às principais clínicas do país.  Nos 12 anos de atuação, recebeu pacientes da cidade e região, do interior do Estado de São Paulo, de outros Estados e até do exterior. Durante este período, foram feitos aproximadamente 5.800 atendimentos.

A clínica trabalha com terapias de baixa complexidade coito programado e inseminação intrauterina e de alta complexidade fertilização in vitro e injeção intracitoplasmática de espermatozoide (ICSI).

Disponibiliza também congelamento de óvulos, sêmen e embriões, inclusive nos casos de pacientes com câncer, antes dos tratamentos de quimioterapia e radioterapia.

Conta com uma estrutura laboratorial completa, centro cirúrgico, área destinada ao congelamento de células germinativas, espaço para coleta de espermatozoides, dois apartamentos exclusivos e sala com equipamento de ultrassom. Segue todas as normas da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

EQUIPE – Fazem parte do corpo clínico do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba os ginecologistas Ernesto Valvano, Fúlvio Basso Filho, José Higino Ribeiro dos Santos Junior, Milena Elisa Goes Dias Silva, Paulo Arthur Machado Padovani e os urologistas Gustavo de Mendonça Borges e Norio Ikari.

 

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação