11 de junho de 2019

Projeto Realize viabiliza tratamentos de reprodução humana

Ampliar o atendimento aos casais de Piracicaba e região que precisam de tratamento para ter filhos é o objetivo do Projeto Realize, que oferece tratamento de reprodução humana com baixo custo, conforme o perfil social dos pacientes. A iniciativa é do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, instalado no Hospital Santa Isabel, graças a uma parceria com a Santa Casa de Piracicaba.

O projeto contempla tratamentos de alta complexidade, como fertilização in vitro e congelamento de óvulos, em especial para as mulheres com câncer que precisam preservar a fertilidade antes de iniciar o tratamento contra a doença. As informações são dos ginecologistas Ernesto Valvano e Paulo Padovani, da equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba.

Segundo os médicos, a fertilização in vitro é um tratamento de alta complexidade indicado para casais com problemas graves que levam à infertilidade, como alterações tubárias, endometriose, baixa qualidade dos óvulos e alteração importante dos espermatozoides.

No tratamento, são utilizados medicamentos para estimular o crescimento de vários folículos (estrutura que tem os óvulos dentro). Quando os folículos atingem o tamanho ideal, a paciente recebe uma injeção que induz a ovular. Uma hora antes de ocorrer a ovulação, recebe anestesia geral de curta duração e, via ultrassom transvaginal, o ovário é puncionado e são coletados os óvulos.

Os óvulos e os espermatozoides, também coletados em laboratório, são colocados num meio de cultura para que a natureza se encarregue da fertilização in vitro, ou seja, fora do corpo da mulher. O embrião formado é transferido para o útero.

No caso do congelamento de óvulos, o médicos destacam que o projeto Realize atende em especial mulheres com câncer, que passarão por tratamento e precisam, dessa forma, preservar a possibilidade de ter filhos. “O tempo entre o diagnóstico do câncer e o início do tratamento costuma ser suficiente para fazer a coleta dos óvulos”, explicam os médicos.

No procedimento, os óvulos são coletados, após estimulação ovariana, e armazenados em nitrogênio líquido a menos 196 graus. Ficam armazenados pelo tempo que for necessário em recipientes com isolamento térmico e são descongelados para serem utilizados em fertilização in vitro quando a mulher decidir tentar uma gravidez.

COMO PARTICIPAR DA TRIAGEM

Para participar da triagem do Projeto Realize, é necessário que o casal tenha passado por consulta com ginecologista e/ou urologista, que pode ser externo ou do próprio Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, e receba encaminhamento médico para fertilização in vitro ou congelamento de óvulos. Com o encaminhamento em mãos, o cadastro pode ser feito no site do CRHP (http://crhp.com.br/contato/projeto-realize/).

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação