26 de novembro de 2018

Projeto Realize facilita acesso a fertilização in vitro e congelamento de óvulos

Atender à demanda de casais da cidade e região que tentam engravidar de forma natural e não conseguem é o principal objetivo do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, instalado no Hospital Santa Isabel, graças a uma parceria com a Santa Casa de Piracicaba. Por isso, a equipe trabalha dentro da filosofia de disponibilizar serviços a um número cada vez maior de pessoas e oferece, por meio do Projeto Realize, tratamentos de alta complexidade de acordo com o perfil social dos pacientes.

O Projeto Realize contempla fertilização in vitro e congelamento de óvulos. “Para participar da triagem, é necessário que o casal tenha passado por consulta com ginecologista e/ou urologista, que pode ser externo ou do próprio centro de reprodução, e receba encaminhamento médico para fertilização in vitro ou congelamento de óvulos”, explica o ginecologista Paulo Padovani, diretor do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba. Com o encaminhamento em mãos, é preciso que a paciente faça o cadastro no site do CRHP.

Padovani informa que a fertilização in vitro é um tratamento de alta complexidade indicado para casais com problemas graves que levam à infertilidade, como alterações tubárias, endometriose, baixa qualidade dos óvulos e alteração importante dos espermatozoides.

Pela técnica, os óvulos e espermatozoides, coletados na clínica de reprodução humana, são colocados num meio de cultura para que a natureza se encarregue da fertilização que está sendo in vitro, ou seja, fora do corpo da mulher. O embrião formado é transferido para o útero.

No caso do congelamento de óvulos, o médico destaca que o projeto Realize atende em especial mulheres com câncer, que passarão por tratamento e precisam, dessa forma, preservar a possibilidade de ter filhos.

Feito no Centro de Reprodução Humana de Piracicaba pela técnica de vitrificação, o congelamento de óvulos consiste na extração dessas células com uma agulha__ depois de uma estimulação ovariana __, armazenamento e congelamento em nitrogênio líquido a menos 196 graus. As células são guardadas pelo tempo que for necessário em recipientes com isolamento térmico e são descongeladas quando a mulher decidir tentar uma gravidez.

SERVIÇO – Verifique quem pode participar, a lista dos documentos necessários e faça o cadastro no site do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba (http://crhp.com.br/contato/projeto-realize/).

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação

Dr. Paulo Arthur Machado Padovani
Dr. Paulo Arthur Machado Padovani

Dr. Paulo Arthur Machado Padovani

Ginecologista | CRM 39.536
  • Formado pela Faculdade de Medicina de Jundiaí
  • Pós-graduado lato-sensu pela Faculdade de Medicina de Jundiaí e Associação Instituto Sapientiae
  • Especialista em ginecologia e obstetrícia, e habilitação em laparoscopia
  • Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida
  • Possui título de Capacitação em Reprodução Assistida emitido pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida
Saiba mais