24 de junho de 2016

FIV é alternativa para quem fez laqueadura ou vasectomia

A vontade de ter filhos em um segundo relacionamento é cada vez mais comum entre homens e mulheres que fizeram vasectomia e laqueadura, métodos cirúrgicos de esterilização. Uma das saídas para estes casos é a Fertilização in Vitro. A informação é do ginecologista José Higino Ribeiro dos Santos Junior, da equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, referência na região.

“A Fertilização in Vitro é um tratamento de alta tecnologia em reprodução humana”, afirma Higino. O ginecologista explica que, no procedimento, a paciente é induzida, com estímulo de medicação para produzir folículos. “No momento certo, é feita a punção dos ovários e são coletados os óvulos. A fertilização é feita no laboratório e os embriões são transferidos para o útero da mulher”, relata.

O médico destaca que a opção pela Fertilização in Vitro ao invés da cirurgia de reversão de vasectomia ou laqueadura deve ser feita pelo paciente após consulta com especialistas em reprodução humana. “Na análise, devem ser considerados a idade do casal e informações sobre a cirurgia de esterilização realizada”, afirma.

A equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, referência na região, está preparada para fazer o diagnóstico e indicar o tratamento adequado para cada caso.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/ Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação

 

DR. JOSÉ HIGINO RIBEIRO DOS SANTOS JUNIOR
Ginecologista | CRM 80.719

• Formado em Medicina pela Unicamp
• Especialista em videolasparocopia e videohisteroscopia pela Febrasgo
• Coordenador da residência médica de ginecologia da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Limeira