11 de abril de 2016

Instituto Geração seleciona casal para tratamento

O Instituto de Reprodução Humana Geração está fazendo o recadastramento dos casais inscritos no programa Paternidade Responsável e vai selecionar um casal de baixa renda para tratamento gratuito em reprodução assistida. A iniciativa foi possível graças ao arrecadado com as inscrições na 2ª Corrida da Fertilidade, realizada no início de março em prol da Oscip. As informações são do presidente do Instituto e diretor do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, Paulo Padovani.

O recadastramento deve ser feito de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 16h. Os interessados deverão retirar a ficha na sede do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, no quinto andar do Hospital Santa Isabel, dentro da Santa Casa de Piracicaba. Essas fichas também poderão ser solicitadas por e-mail, no endereço lara@crhp.com.br ou acessadas no site www.crhp.com.br/pdf/ficha-recadastramento.pdf . Os casais vão ter alguns dias para preencher e juntar a relação de documentos e exames solicitados. A entrega de toda a documentação deve ser feita até o dia 18 de abril, também das 13h30 às 16h, no Centro de Reprodução.

COMO SERÁ A SELEÇÃO

A relação de exames inclui os resultados do espermograma, ecoendovaginal (pós-menstrual), histerossalpingografia (pós-menstrual), dosagem de reserva ovariana ( FSH, LH, estradiol, prolactina e TSH – 3º dia do ciclo). Os pacientes podem apresentar uma carta do médico com indicação para o tratamento. Quem não tiver todos os exames, deve encaminhar o que tem.

Também são necessárias cópias do CPF e RG do casal, da declaração de Imposto de Renda (ou declaração de isento), comprovante de endereço, holerite ou comprovante de renda familiar.

A seleção do casal será feita com a supervisão de médicos qualificados e especialistas em reprodução assistida. Serão considerados, além da renda, critérios técnicos como idade, tempo de infertilidade e tipo de patologia. “Nosso intuito é atender especialmente mulheres com risco de perda de fertilidade em função de doenças crônicas e casais inférteis que dificilmente teriam acesso a tratamentos em medicina reprodutiva”, afirma Padovani.

PROGRAMA PATERNIDADE RESPONSÁVEL

O programa Paternidade Responsável foi lançado pelo Instituto de Reprodução Humana Geração em 2013, com o objetivo de oferecer tratamento para casais de baixa renda que desejam ter um filho e não conseguem por métodos naturais. O ineditismo do programa é estar ligado a um projeto de acompanhamento das crianças até a idade pré-escolar.

Idealizado por um grupo de médicos do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, em parceria com a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba, o Lions Clube de Piracicaba Leste e a Escola de Mães “Professora Branca Motta de Toledo Sachs”, o programa começou no formato de projeto-piloto.

“Mas a proposta real é ampliar o atendimento a todos os casais interessados e que se enquadrem na triagem socioeconômica, desde que haja parceiros”, declara Padovani. O projeto já atendeu 11 pacientes, desenvolve promoções e busca patrocínio para realizar novos atendimentos.

Todo o programa é desenvolvido e coordenado pelo Instituto de Reprodução Humana Geração, uma associação sem fins lucrativos, que foi certificada em 2012 como Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) junto ao Ministério da Justiça.

Informações pelo telefone (19) 3447-3700.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação