24 de março de 2016

Há oito anos realizando o sonho de casais

O Centro de Reprodução Humana de Piracicaba completa oito anos renovando o desafio de realizar o sonho dos casais da região que desejam ter filhos, mas não conseguem por meios naturais. Instalado dentro do Hospital Santa Isabel, graças a uma parceria com a Santa Casa de Piracicaba, o centro iniciou os trabalhos em março de 2008. De lá para cá, devido ao padrão de atendimento, ganhou projeção e hoje recebe pacientes do interior de São Paulo, de outros Estados, do Brasil e até do exterior.

“Sabemos que a demanda por esse tipo de tratamento é muito grande em Piracicaba e região. Por isso, oferecemos opções de procedimentos para todas as pacientes, independente dos motivos da infertilidade”, afirmam os ginecologistas Ernesto Valvano e Paulo Padovani, da equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba.

Nesse sentido, nos últimos anos, o Centro ampliou sua proposta e passou a desenvolver projetos sociais, para que os serviços pudessem contemplar cada vez um número maior de casais.

Por meio do Instituto de Reprodução Humana Geração, Oscip criada em 2012 por um grupo de médicos do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba e de voluntários de outras áreas, lançou o programa Paternidade Responsável, para oferecer tratamento para casais de baixa renda que desejam ter um filho e não conseguem por métodos naturais.

Nesta ação, conta com a parceria com a Escola de Mães “Professora Branca Motta de Toledo Sachs”, a Santa Casa de Misericórdia e o Lions Piracicaba Leste. O projeto já atendeu 11 pacientes, desenvolve promoções e busca patrocínio para realizar novos atendimentos.

No final do ano passado, lançou o Projeto Realize, com o objetivo de atender casais que estão esperando por tratamento de alta complexidade, mas não contam com recursos para pagar os procedimentos de forma integral.

REFERÊNCIA NA REGIÃO

A qualidade dos serviços prestados no Centro de Reprodução Humana de Piracicaba faz com que a clínica seja referência na região.

Pioneiro no atendimento, o Centro conta com uma estrutura laboratorial completa, centro cirúrgico, área destinada ao congelamento de células germinativas, espaço para coleta de espermatozoides, dois apartamentos exclusivos e sala com equipamento de ultrassom. Está de acordo com todas as normas da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). No laboratório, a qualidade do ar tem controle permanente e todos os procedimentos de manipulação de embrião são documentados.

Trabalha com terapias de baixa complexidade – coito programado e inseminação intrauterina – e de alta complexidade – fertilização in vitro, popularmente conhecida como bebê de proveta, e injeção intracitoplasmática de espermatozoides -ICSI. Disponibiliza também congelamento de óvulos e sêmen para diversas finalidades, inclusive antes de tratamento com potencial de lesar estas células, como no caso de uma quimioterapia ou radioterapia.

Foi idealizado por um grupo de médicos, que queriam oferecer às suas pacientes de Piracicaba e toda a região um serviço que dispensasse viagens longas e facilitasse o tratamento. Atualmente, fazem parte do Centro de Reprodução os ginecologistas Ernesto Valvano, Fúlvio Basso Filho, José Henrique Mello de Freitas, José Higino Ribeiro dos Santos Junior, Milena Elisa Goes Dias Silva e Paulo Arthur Machado Padovani, e os urologistas Gustavo de Mendonça Borges, Fábio Augusto dos Santos Watanabe, Norio Ikari e Silvio Luiz Cordeiro.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação

DR. PAULO ARTHUR MACHADO PADOVANI
Ginecologista | CRM 39.536

• Formado pela Faculdade de Medicina de Jundiaí
• Pós-graduado lato-sensu pela Faculdade de Medicina de Jundiaí e Associação Instituto Sapientiae
• Especialista em ginecologia e obstetrícia, e habilitação em laparoscopia
• Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida
• Possui título de Capacitação em Reprodução Assistida emitido pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida