10 de março de 2016

História de superação é destaque na 2ª Corrida da Fertilidade

A história de Graziela Tozin, 34, chamou a atenção na 2ª Corrida da Fertilidade de Piracicaba, realizada dia 6 de março no bairro Nova Piracicaba, em prol do Instituto de Reprodução Humana Geração. Deficiente visual desde que nasceu, em função da toxoplasmose, a autônoma participou da corrida de 5 km.

O desafio de encarar o percurso foi aceito graças ao apoio do marido, o caldeireiro Dani Alexandre Tozin, 42, que acompanha a esposa em todo o percurso. O incentivo recebido na academia onde faz ginástica há pouco mais de seis meses serviu de alavanca para Graziela entrar para o circuito das corridas. “Esta é a quarta prova que participo”, relata.

Graziela foi para a academia para praticar alguma atividade física. Com as aulas e as corridas, além de cumprir o objetivo inicial, emagreceu 20 kg. Com o resultado, veio a decisão de participar de todas as provas que tiver oportunidade. “Tenho apenas 5% da visão, mas no dia a dia, levo uma vida normal, só não ando sozinha na rua. Quando corro nestas provas, tenho uma sensação de liberdade que nunca havia experimentado”, declara.

Graziela tem dois filhos, Alexandre, de 11 anos, e Pedro, de 6 anos, e mostra para a sociedade que o deficiente visual pode ter uma vida normal. Por isso, como voluntária, ministra palestras em escolas sobre os cuidados para evitar a toxoplasmose, os desafios de superar as limitações e a necessidade das pessoas aprenderem a conviver com o diferente. Para as escolas interessadas, ela divulga o whatsApp (19) 99644-7945.

A 2ª Corrida da Fertilidade de Piracicaba, realizada em prol do Instituto de Reprodução Humana Geração, com apoio do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, contou com a participação de 450 atletas. Para o presidente do Instituto de Reprodução Humana Geração e diretor do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, Paulo Padovani, o volume de participantes, que dobrou em relação ao ano passado, consolida a importância da prova. “Além do caráter beneficente, a corrida foi idealizada para divulgar a importância da prática da atividade física, grande aliada na preservação da fertilidade”, afirma.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação

DR. PAULO ARTHUR MACHADO PADOVANI
Ginecologista | CRM 39.536

• Formado pela Faculdade de Medicina de Jundiaí
• Pós-graduado lato-sensu pela Faculdade de Medicina de Jundiaí e Associação Instituto Sapientiae
• Especialista em ginecologia e obstetrícia, e habilitação em laparoscopia
• Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida
• Possui título de Capacitação em Reprodução Assistida emitido pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida