22 de abril de 2015

Parceria com a Santa Casa viabilizou Centro de Reprodução Humana

Referência na região, o Centro de Reprodução Humana pôde ser instalado em Piracicaba graças a uma parceria com a Santa Casa. Instalado dentro do Hospital Santa Isabel, o centro, que iniciou os trabalhos em 2008, é reconhecido pela qualidade dos serviços prestados e ganhou projeção. Hoje, são atendidos pacientes do interior de São Paulo, de outros Estados do Brasil e até do exterior.

Pioneiro na região, conta com uma estrutura laboratorial completa, centro cirúrgico, área destinada ao congelamento de sêmen e embriões, espaço para coleta de espermatozoides, dois apartamentos exclusivos e sala com equipamento de ultrassom.

Foi idealizado por um grupo de médicos, que queriam oferecer às suas pacientes de Piracicaba e toda a região um serviço que dispensasse viagens longas e facilitasse o tratamento. “A realização do nosso sonho só foi possível com o apoio da Santa Casa, uma instituição reconhecida pelos serviços prestados à comunidade de Piracicaba e região e que chega aos 160 anos como referência na prestação de serviços em Saúde”, afirma o médico ginecologista Paulo Padovani, diretor do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba.

Atualmente, integram a equipe os ginecologistas Ernesto Valvano, José Henrique Mello de Freitas, José Higino Ribeiro dos Santos Junior, Milena Elisa Goes Dias Silva e Paulo Arthur Machado Padovani, e o urologista Gustavo de Mendonça Borges. Os profissionais fazem questão de participar dos mais importantes congressos da área para obter informações sobre o que há de mais moderno na medicina reprodutiva mundial e trocar experiências, para o amadurecimento profissional. Trabalham em parceria com o IUP (Instituto de Urologia de Piracicaba), também instalado dentro da Santa Casa.

O Centro trabalha com terapias de baixa complexidade (coito programado e inseminação intrauterina) e de alta complexidade (fertilização in vitro, popularmente conhecida como bebê de proveta, e injeção intracitoplasmática de espermatozoides -ICSI). Disponibiliza também congelamento de células germinativas (óvulos e sêmen) para diversas finalidades, inclusive antes de tratamento com potencial de lesar estas células, como no caso de uma quimioterapia ou radioterapia.

Possui equipamentos de última geração para a manipulação de óvulos, espermatozoides e embriões e está de acordo com todas as normas da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). No laboratório, a qualidade do ar tem controle permanente e todos os procedimentos de manipulação de embrião são filmados.

Acaba de adquirir a incubadora de bancada MINC, estufa trigás projetada para rapidamente estabilizar temperatura e pH, otimizando o ambiente de cultura de células, como, por exemplo, para o desenvolvimento de embriões. Isso reduz o estresse e melhora a viabilidade embrionária.

Segue todos os protocolos para que o índice de gestação múltipla seja baixo.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal e Marisa Massiarelli Setto/Toda Mídia Comunicação